Continua após a publicidade..

Denunciante do Twitter divulga documento sobre monitoramento das políticas de segurança e privacidade da empresa.

Um antigo executivo do Twitter está revelando informações sobre as práticas de segurança cibernética e privacidade da empresa.

Peiter “Mudge” Zatko, que anteriormente ocupava o cargo de chefe de segurança no Twitter, concedeu entrevistas à CNN e ao The Washington Post, onde afirmou que sua antiga empresa enfrentava diversos problemas de segurança cibernética e que também teria ocultado intencionalmente essas questões do conselho de diretores.

Dentre diversos temas relacionados à segurança, Zatko declarou o seguinte em um extenso documento de 200 páginas enviado ao Congresso e agências governamentais dos EUA em julho, e obtido pela imprensa.

  • O Twitter concedeu a diversos funcionários da empresa permissão para acessar certos controles cruciais, o que tornou desafiador proteger eficazmente a plataforma.
  • O Twitter não tinha muito controle nem conseguia monitorar os computadores pessoais dos funcionários de sua empresa.
  • Aproximadamente metade dos servidores do Twitter operam com software que não está atualizado.
Continua após a publicidade..

O Twitter permitiu que muitos funcionários da empresa tivessem acesso a controles importantes, o que dificultou proteger de forma adequada a plataforma.

O Twitter tinha pouca influência ou conhecimento sobre os computadores pessoais dos funcionários de sua empresa.

Aproximadamente metade dos servidores do Twitter operam com software que não foi atualizado.

Continua após a publicidade..

Possivelmente mais preocupantes são as declarações de Zatko sobre a abordagem do Twitter em relação à privacidade.

Zatko enfatiza que o Twitter nunca cumpriu totalmente as exigências da Comissão Federal de Comércio (FTC) em 2011, quando foi revelado que a empresa não garantiu a proteção adequada das informações privadas dos usuários. Em um acordo com a FTC, o Twitter concordou em não enganar os consumidores por 20 anos sobre a segurança e privacidade de suas informações privadas, sob pena de multas adicionais.

Relacionado:   Qual é a definição de MPLS e por que ainda é relevante nos dias de hoje?

Em particular, Zatko afirma que o Twitter não remove consistentemente as informações de um usuário após o cancelamento da conta, devido, em certos casos, à perda de controle da empresa sobre os dados, conforme relatado.

  • Forma de garantir a segurança da sua Conta no Twitter através do uso da autenticação de dois fatores (2FA).
  • Manejar o Twitter de forma eficaz.
  • Como remover um tweet e um retweet
  • Como visualizar as listas do Twitter em que você está inserido.
  • Como esconder as respostas no Twitter.
Continua após a publicidade..

Zatko levanta preocupações em meio a um momento desafiador para o Twitter, devido à iminente batalha legal relacionada à oferta de aquisição feita por Elon Musk. Ele destaca a questão dos bots na plataforma do Twitter, algo que Musk também considera crucial. Zatko sugere que o Twitter oculta intencionalmente o número de contas de bots e spam, e afirma que a empresa não possui os recursos necessários para calcular precisamente essa quantidade. Contas consideradas “falsas ou de spam” no Twitter representam menos de 5% da plataforma.

John Tye, que é advogado de Zatko e também fundador da Whistleblower Aid, uma organização que auxiliou a denunciante do Facebook Frances Haugen e que agora está representando Zatko, informou à CNN que Zatko não tem mantido contato com Musk. Ele esclareceu que Zatko iniciou o processo de denúncia antes mesmo de Musk anunciar sua candidatura.

Zatko foi dispensado pelo Twitter em janeiro de 2022 devido a sua baixa performance e liderança pouco eficaz, conforme comunicado feito pelo Twitter a um canal de notícias. O Twitter criticou as alegações feitas por Zatko, chamando-as de uma narrativa com inconsistências e imprecisões sobre as práticas de privacidade e segurança de dados da empresa, que carece de contexto relevante.

Relacionado:   A Apple anuncia um evento enigmático, prometendo desempenho "de destaque" em 8 de março.
Continua após a publicidade..

Assuntos abordados no Twitter.