Continua após a publicidade..

O site da agência de notícias estatal russa TASS teria sido alvo de um ataque hacker.

O site da agência de notícias estatal russa TASS aparentemente sofreu um ataque hacker na segunda-feira, quando uma mensagem anti-guerra foi exibida na página inicial, durante a invasão russa da Ucrânia.

Segundo o Moscow Times, um site em inglês independente sediado em Moscou retomou suas operações na tarde de segunda-feira, com o horário de atualização ocorrendo às 14h23 no horário local.

A identidade dos responsáveis pelo ataque cibernético não foi revelada, apesar de a mensagem conter o logotipo do Anonymous, um grupo internacional descentralizado de hackers.

Continua após a publicidade..

A mensagem, conforme observada por Mashable na versão arquivada da página inicial do TASS e traduzida pelo Google, afirma:

Prezados concidadãos, pedimos que interrompam essa situação preocupante. Evitem enviar seus entes queridos para um destino trágico. Estamos sendo manipulados por Putin, colocando-nos em risco. Estamos isolados do mundo, sem vendas de petróleo e gás. Corremos o risco de viver em condições semelhantes às da Coreia do Norte. Esta guerra não nos pertence, devemos parar. Sabemos que esta mensagem pode ser censurada e que alguns de nós enfrentarão consequências, mas não podemos mais suportar. Jornalistas russos preocupados.

A screenshot of Russia
Imagem: karvanth/ShutterStock

Conforme relatado pelo Moscow Times e corroborado pela Reuters e pela força-tarefa da UE contra desinformação, não foi apenas a TASS que teve sua plataforma de mídia comprometida.

Continua após a publicidade..

O site Fontanka.ru, sediado em São Petersburgo, divulgou um ataque DDoS, e os incidentes foram mencionados por portais como Takie Dela, Kommersant e Znak.com, além do E1.ru.

O site da Kremlin Izvestia também foi hackeado, de acordo com o relato da Novaya Gazeta, um veículo de comunicação russo independente.

A declaração oficial do Znak.com, traduzida pelo Google, informa que seu serviço foi alvo de um ataque cibernético e foi invadido. O site confirmou que uma declaração não autorizada foi exibida. No momento, não têm controle sobre a situação e aconselham remover o código cdn.onthe.io imediatamente até que as circunstâncias sejam esclarecidas. Além disso, afirmam que sua equipe não está envolvida no incidente.

Relacionado:   A Cisco adverte sobre a importância de se atentar para a diferença entre a disponibilidade de segurança e os níveis de confiança.
Continua após a publicidade..

Maria Demina, a responsável pelo setor de produtos da rede de portais da City Portals, que abrange E1.RU, verificou a invasão e informou que o código malicioso foi eliminado.

Tema: Proteção online